28/03/2008

O ROSTO (II)


“Sobre a poeira dos abraços
construo meu rosto”

A FALA – Ferreira Gullar

Na poeira vinda
de longe
o rosto se expõe
admirável arte
de encantar

Construo meu rosto
a admirar
o teu rosto
sobre a poeira
dos abraços

8/12/2007

[25 Poemas. Selecção de poemas escritos, a lápis, nas páginas do livro “Toda a Poesia”, de Ferreira Gullar, 15ª edição, José Olympio, Editora.]

1 comentário:

Tygogal disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.